Ilha Margarida

A Ilha Margarida está no rio Danúbio, entre Buda e Peste. Trata-se de um grande parque que oferece zonas de lazer e relaxamento tanto para os turistas quanto para os habitantes de Budapeste.

A Ilha Margarida foi declarada espaço público em 1908.

O que ver na Ilha Margarida

Nos mais de 2.500 metros de extensão da ilha, você encontrará vários jardins, as ruínas do Convento de Santa Margarida, uma bela e pequena igreja, um pequeno zoo com animais muito curiosos, uma piscina com tobogãs e outros detalhes que deixaremos que você descubra por conta própria.

Um dos pontos mais importantes da Ilha Margarida é o depósito de água. Atualmente, é usado como mirante e como sala de exposições temporárias.

Como percorrer a ilha

Como a ilha é bastante grande para ser visitada andando, se você quiser conhecê-la em sua totalidade, terá várias opções: 

  • Trem turístico: O preço é de 800 florins por pessoa e é necessário esperar até que haja suficientes viajantes. 
  • Alugar uma bicicleta: O preço é muito barato, 1 hora sai por 990 florins, 2 horas por 1.100 e todo o dia por 2.800 florins. Também alugam carrinhos com pedais. 
  • Alugar um carro elétrico: O típico carro de golfe custa 4.900 florins por hora e tem 4 lugares.

Para nós, a melhor opção é alugar uma bicicleta, já que proporciona liberdade de movimentos para conhecer todos os lugares da ilha. Um grupo de amigos ou um casal jovem não deveria pensar duas vezes.

Horário

Assim como o Parque da Cidade, o horário mais animado é durante as manhãs dos finais de semana.

Transporte

Bonde: Margitsziget, linhas 4 e 6 (Ponte de Margarida).
Ônibus: a linha 26 atravessa a ilha.