Museu Nacional da Hungria

Museu Nacional da Hungria

Inaugurado em 1846, o Museu Nacional da Hungria (Magyar Nemzeti Múzeum) representa a história do país desde sua fundação até 1990.

O Museu Nacional da Hungria (Magyar Nemzeti Múzeum) se encarrega de reunir, preservar e expor as relíquias de Hungria e da Bacia dos Cárpatos, da pré-história até os dias de hoje. 

Fundado em 1802, o museu deve sua existência ao conde Ferenc Széchenyi, que doou à nação sua grande coleção de moedas, livros e documentos. 

O edifício

O edifício do museu é um dos palácios classicistas mais bonitos da Hungria, uma imponente construção desenhada pelo arquiteto Mihály Pollack.

Sua fachada apresenta um frontal lapidado e enormes colunas que dão ao edifício a aparência de um templo romano. 

No interior

O interior do edifício é espetacular, está repleto de colunas de mármore e belas pinturas cobrindo as paredes e tetos.

Através das diferentes exposições podemos ver a história da Hungria desde o seu nascimento até os nossos dias. Os mais de mil anos de história se documentam mediante alguns objetos arqueológicos, além de diferentes tesouros da história e da cultura húngara.

Alguns dos objetos de maior interesse são o manto de coroação dos Reis da Hungria, a figura de um cervo dourado feita a mão no século VI a.C., ou uma coroa funerária do século XIII, entre muitas outras relíquias. No sótão do edifício está exposto o lapidário romano.

Muito recomendável

O Museu Nacional da Hungria é um dos museus mais interessantes de Budapeste. Embora o edifício por si só já mereça a visita, algumas coleções são realmente interessantes.

Um detalhe curioso sobre a escada da entrada ao museu é que em 1848 foi o lugar onde o poeta Sándor Petoi leu pela primeira vez seu “Canto Nacional”, que provocou um levante contra os Habsburgo.

Horário

De terça a domingo, das 10:00 às 18:00 horas.
Segunda, fechado.

Preço

Adultos: 1.600Ft.
Cidadãos da União Europeia de 6 a 26 anos e de 62 a 70: 50% de desconto.
Menores de 6 e maiores de 70 anos: entrada gratuita.
Budapest Card: entrada gratuita.

Transporte

Metrô: Kálvin tér, linha M3.
Bonde: Kálvin tér, linhas 47 e 49.
Ônibus: Kálvin tér, linhas 8, 9, 15, 109, 115 e 115.
Trólebus: Kálvin tér, linha 83.