Preços do transporte de Budapeste

O preço do transporte público em Budapeste é um pouco alto. A passagem simples custa mais que em algumas cidades europeias e oferece menos flexibilidade.

Se você vai usar o metrô, o bonde ou os ônibus para se locomover, o mais recomendado é adquirir um abono. Também é necessário lembrar que as passagens simples valem apenas para um meio de transporte e se você quiser usar o metrô e o ônibus, por exemplo, deverá comprar um “transfer ticket”.

Passagem simples 350Ft

Abono de 10 passagens simples

3.000Ft
Passagem de metrô reduzida   300Ft (trajeto máximo de 3 estações)
Passagem com baldeação 530Ft
Abono de 1 dia 1.650Ft
Abono de 3 dias 4.150Ft
Abono de 7 dias 4.950Ft

Embora tenhamos comentado que quase sempre há fiscais e que eles te pedirão a passagem, os amantes do risco devem saber que as multas vão de 6.000 até 16.000 florins. 

Usar passagens simples ou comprar o abono?

Nossa recomendação é que, exceto se você não for usar o transporte público, compre um abono para o tempo que vai estar na cidade. As vantagens são evidentes:

  • Não perder tempo comprando a passagem.
  • Não ter que ficar se preocupando em validar a passagem.
  • Usar o transporte o quanto quiser.
  • Resumindo, evitar possíveis multas.

Outra vantagem é que se você compra o abono no terminal do aeroporto, poderá usá-lo para ir ao centro.

Abono de 3 dias ou Budapest Card?

Se você quer fazer uma viagem cultural ou viaja com crianças menores de 14 anos, confira o cartão Budapest Card, que oferece transporte público gratuito e desconto nos ingressos das principais visitas turísticas, museus e termas.

Onde comprar as passagens?

As passagens podem ser adquiridas no aeroporto, nas estações de metrô, nas tabacarias, nas bancas e, como última opção, com os próprios fiscais