Metrô de Budapeste

O metrô de Budapeste possui quatro linhas e é bastante simples de usar, já que três delas se cruzam em um único ponto: a estação de Deák Ferenc tér.

Antes de ver as diferentes linhas é importante esclarecer duas coisas:

  • Para entrar no metrô não há catracas e se você viaja com a passagem simples, deve validá-la nas máquinas laranjas. 
  • A passagem simples tem uma duração de 80 minutos (120 minutos à noite) e só admite mudanças de linha dentro do metrô, não sendo possível usá-la em outros meios de transporte.. 

Vejamos as diferentes linhas e suas estações mais importantes:

Linha 1 (amarela)

Percorre Budapeste de Vörösmarty tér até Mexikói út e é a linha mais útil do ponto de vista turístico.

Percorre do princípio ao fim a Avenida Andrassy e para na Ópera, na Praça dos Heróis, no Parque da cidade e muito perto da Ponte das Correntes.

A linha 1 é especialmente prática, já que está a poucos metros de profundidade e quase não é necessário descer escadas para chegar aos trens. Além disso, suas estações são muito curiosas.

Linha 2 (vermelha)

Cruza Budapeste de Déli Pályaudvar (a oeste, em Buda) até Örs vezér tere (a leste, em Peste). As estações mais importantes dessa linha são Kossuth tér (Parlamento), Batthyány tér (Bastião dos Pescadores) e Astoria (Grande Sinagoga). 

Línea 3 (azul)

Esta linha é especialmente útil se você chega a Budapeste de ônibus do aeroporto. O ônibus 200E termina o seu percurso na estação Köbánya-Kispest, a primeira parada da linha 3.

Outra estação interessante é Kálvin Tér, já que está a poucos metros do Mercado Central.

Linha 4 (verde)

Inaugurada em 2014, a linha 4 conta com 7 quilômetros de percurso que unem as duas principais estações de trem da cidade, a estação de Kelenföld e a estação Budapest-Keleti. 

Horário

O metrô funciona das 4:30 às 23:00 horas com uma frequência entre trens que varia entre 2 e 15 minutos.

Tarifas

As passagens dos diferentes meios de transporte de Budapeste são iguais e os preços são os mesmos: